Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

Sobem para 733 casos positivos de covid-19 em Moçambique, quinto óbito registado na Cidade de Maputo

coronavirus2106-atiago

Desde sexta-feira (19) foram diagnosticados em Moçambique 71 novos infectados pelo novo coronavírus aumentando para 733 o cumulativo de casos positivos. Na quinta-feira (18) faleceu o primeiro doente com covid-19 na Cidade de Maputo, era um jovem.

“Queremos informar ainda que, nas últimas 24 horas registamos com tristeza mais um óbito devido a covid-19. Trata-se de um individuo de 38 anos de idade, do sexo masculino. Deu entrada no Hospital Central de Maputo e posteriormente foi transferido para o Centro de isolamento da Polana Caniço, em princípio, com sintomatologia de insuficiência respiratória grave. Durante o internamento foi avaliado e chegou-se a conclusão que trata se de um individuo com varias comorbidades, mas sobretudo com interrupção de tratamento de parte das condições que o obrigaram a ir ao hospital. O óbito ocorreu no dia 18 de Junho e claramente o resultado de covid-19 foi à posterior” anunciou neste domingo (21) o ministro da Saúde.

Respondendo a uma pergunta do @Verdade o ministro Armindo Tiago clarificou que este jovem foi diagnosticado na vigilância activa, portanto estava infectado previamente e de fonte desconhecida.

Sobre as condições em que foi realizado o funeral o titula da Saúde explicou que “as estruturas do sector de Saúde, sobretudo das unidades sanitária, todas elas funcionam hoje com um princípio, considerar qualquer que seja o doente um potencial elemento de risco para transmissão da covid-19, por essa razão todas unidades sanitárias devem usar medidas de protecção e garantir, no manejo dos doentes, que são adoptadas medidas extremas para evitar a transmissão desta condição. Por isso as medidas de segurança e protecção são máximas nos centros de isolamento”.

Entretanto, nas últimas 72 horas, os casos positivos ultrapassaram as sete centenas. Na Província de Niassa o cumulativo passou a ser de nove pacientes com o diagnóstico de um positivo na Cidade de Lichinga e outro no Distrito de Mecanhelas.

Na Província de Cabo Delgado ascendeu a 227 o cumulativo de positivos com a identificação de 24 novos pacientes na Cidade de Pemba, três no Distrito de Palma e ainda um no Distrito de Ancuabe.

Subiram para 226 o total de casos na Província de Nampula com a identificação de 13 novos doentes na capital provincial.

“Se nós todos estivéssemos nas nossas casas, se nós não nos movimentássemos o vírus não anda”

Três novos infectados foram diagnosticados na capital provincial aumentando o cumulativo de casos para 24 pacientes na Província de Tete.

Na Província da Zambézia o cumulativo ascendeu para sete o total de casos positivos com a detecção de novos pacientes um na Cidade de Quelimane e outro no Distrito de Morrumbala.

Entre sexta-feira e domingo nenhum novo paciente foi diagnosticado na Província de Manica assim como na Província de Inhambane.

No Distrito do Búzi foi identificado um novo doente que aumentou para 18 o cumulativo de casos na Província de Sofala.

Na Cidade de Xai-Xai foi detectado um novo paciente que fez subir para 9 o total de casos positivos na Província de Gaza.

Na Província de Maputo o cumulativo passou a 77 casos com o diagnóstico de um paciente no Distrito de Magude, outro no Distrito de Boane, dois na Cidade da Matola, um no Distrito de Marracuene, outro no Distrito da Moamba e cinco no Distrito de Namaacha.

Na capital moçambicana, onde a transmissão comunitária é cada vez mais evidente, o total de casos já são 113 com a identificação de mais sete infectados nas últimas 72 horas.

Sobre a detecção de novos casos em novas regiões de Moçambique o ministro Armindo Tiago assinalou “alguém transportou o vírus para lá, se nós todos estivéssemos nas nossas casas, se nós não nos movimentássemos o vírus não anda, nós é que o transportamos”.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!