Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sismo em Manica cria pânico

Um sismo de pequena magnitude abalou terça-feira a cidade de Chimoio e alguns distritos próximos da capital provincial de Manica, com intensidade para Gondola e Manica, provocando pânico nos transeuntes e funcionários que se encontravam em plena actividade nas instituições públicas e privadas locais.

Registado cerca das 14:01 horas locais, o sismo teve a duração de cerca de 30 segundos e não causou danos materiais nem humanos, tendo apenas estremecido edifícios e causado susto nos seus ocupantes, que foram saindo em debandada. Na sede do Governo provincial, funcionários abandonaram momentaneamente o edifício e foram juntarse às pessoas que corriam assustadas nas vias públicas, num alvoroço que também tomou conta dos trabalhadores de instituições como o Instituto Superior Politécnico de Manica, que se precipitaram do então cinema Montalto.

Fonte da estação sismográfica de Manica não confirma nem desmente a ocorrência do sismo, declarando que o equipamento para a monitoria da actividade sismológica não detectou o abalo, não podendo, por conseguinte, registar a magnitude do tremor de terra. António Riama, técnico da estação sismográfica de Manica, afirmou não ter sentido o abalo, embora o tremor tenha sido sentido no raio de pelo menos três distritos, incluindo o que aloja a estacão sismográfica. Prometeu trabalhar no sentido de confirmar o facto, solicitando informações de outras estacões sismográficas da região.

António Riama afirmou que o sistema que a estacão usa cobre um raio de 600 quilómetros e pode não ser suficientemente sensível para determinar o sismo, podendo isso acontecer com outras estacões além fronteiras. As informações sobre o epicentro, bem como sobre o raio atingido pelo sismo são por isso escassas, mas testemunhas confirmaram ter registado um movimento desusado de pessoas em vaivém, umas regressando às casas, outras usando telemóveis para saber sobre os seus familiares e amigos após o abalo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!