Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sete pessoas morrem num acidente de viação no centro de Moçambique

Pelo menos sete pessoas perderam a vida e outras 13 ficaram feridas, três das quais em estado grave, em consequência de um sinistro rodoviário, na manhã de terça-feira (28), no distrito de Guro, na província de Manica.

O acidente ocorreu numa curva apertada, onde se deram as sete mortes, supostamente devido ao excesso de velocidade e tentativa de ultrapassagem irregular de um dos veículos.

As viaturas envolvidas no acidente destinam-se ao transporte de carga, mas no momento da tragédia uma levava passageiros de Guro para Tambara e a outra fazia o sentido contrário.

Leonardo Colher, chefe do Departamento das Relações Públicas no Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) naquele ponto do país, apelou aos condutores para que observem as medidas de segurança e os sinais de trânsitos com vista a evitar-se o derramamento de sangue e luto.

Tal comportamento, disse o agente da Lei e Ordem, deve ser redobrado quando os automobilistas transportam pessoas.

Ainda em Manica, outros três cidadãos pereceram, no último fim-de-semana, no distrito de Mossurize, em resultado do despiste e capotamento do veículo no qual seguiam viagem. O acidente aconteceu na zona de Satonga, na Estrada Nacional número 260 (EN260).

Refira-se que este é o segundo acidente de viação de que se tem conhecimento em 72 horas. O primeiro aconteceu na noite do último sábado (25), no distrito de Manjacaze, província de Gaza, onde pelo menos nove pessoas perderam a vida e outras em número não especificado ficaram feridas. Ao todo são 15 vítimas mortais por conta da sinistralidade rodoviária.

Durante a semana finda, um total de 28 pessoas pessoas morreram e dezenas de outras contraíram ferimentos graves e ligeiros por conta de 37 acidentes de viação ocorridos em todo o território moçambicano, disse Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da PRM.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!