Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sem vitórias termina participação moçambicana nos Jogos Olímpicos

Sem vitórias termina participação moçambicana nos Jogos Olímpicos

Terminou esta segunda-feira(6) a participação moçambicana nos Jogos Olímpicos que decorrem em Londres, Sílvia Panguana foi a última atleta do nosso país a competir e não conseguir o apuramento.

Sílvia, que fez a sua estreia numa Olimpíada, correu a eliminatória dos 100 metros barreiras em 14 segundos e 68 décimos e foi a última classificada da sua prova, ganha por uma austríaca, Sally Pearson.

Participação fraca

Moçambique fez-se representar por seis atletas nesta 30ª Olimpíada: Kurt Couto, apontado como a grande esperança não foi para além da semi-final dos 400 metros barreiras, onde terminou na última posição.

Logo na estreia dos nossos atletas começou a ficar patente o fraco nível de competição ao mais alto nível dos moçambicanos com a derrota de Neuso Sigauque no judo.

Depois foi a vez do jovem Juliano Máquina, no boxe, que ainda aguentou-se três rounds mas não teve argumentos diante do búlgaro Aleksandar Aleksandrov.

O nadador Chakil Camal também não conseguiu garantir o apuramento na eliminatória dos 50 metros e, ainda na natação, Jéssica Viera foi quinta na sua 50 metros livres, insuficientes para o apuramento à semi-final da prova.

Esta foi a nona participação de Moçambique em Jogos Olímpicos, a primeira foi no ano de 1980 em Moscovo, e no nosso palmarés apenas contam as duas medalhas conquistadas por Lurdes Mutola, bronze em Atlanta (EUA) em 1996 e ouro em Barcelona (Espanha) em 1992.

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!