Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

SELO: Carta aberta à MOVITEL*

Venho por este meio expor a indignação de um trabalhador e de muitos outros colegas descontentes, afectos à linha de atendimento da operadora MOVITEL. Saliente-se que esta empresa não dispõe de uma linha de atendimento autónoma, mas sim, contratou serviços de uma empresa denominada Nduku Investimentos, Lda.

Não é à toa que os clientes da MOVITEL reclamam da má qualidade durante o atendimento e os mesmos clientes não têm ideia da insatisfação dos trabalhadores. Estes atendem, individualmente, 300 clientes no mínimo e cada cliente tem a sua maneira de se comportar e a sua insatisfação em relação aos serviços prestados. A Nduku Investimentos, Lda contribui para a má qualidade na prestação dos referidos serviços.

A empresa não cria um bom ambiente de trabalho para com os seus colaboradores. Há sempre obstáculos para que os funcionários nunca se sintam seguros e felizes com o seus postos. A Nduku Investimentos, Lda forma constantemente agentes de serviço com o intuito de nunca deixar de pagar um salário de 6.250mt. Este valor é uma forma de dizer aos trabalhadores que quem não aguentam com as políticas formuladas pelos gestores daquele empresa podem deixar a vaga livre, pois existe sempre quem queira ocupá-la.

No fim de cada ano, os gestores procuram formas de introduzir políticas só para conseguirem despedir alguns colaboradores, como também para parte deles desistir de trabalhar e, assim, contrata-se novos funcionários.

A empresa Nduku Investimentos, Lda oferece condições precárias de trabalho. Os handsets que usamos não estão em boas condições para o uso humano, pois foram recondicionados com fitas adesivas. Grande parte deles só permite ouvir as preocupações do cliente com muito esforço, devido ao ruído que o próprio aparelho cria no ouvido do trabalhador ou só dá para falar de um lado apenas.

Os mouses são deficientes e as cadeiras estão em péssimas condições para um trabalhador que deve permanecer sentado por 8h00 a produzir, o que criando dores na coluna e sequelas. O trabalhador deve estar presente no seu posto mesmo estando doente, porque mesmo com atestado médico sofre descontos no salário e nas férias.

O patronato e o próprio PCA não respeitam os colaboradores e tratam-lhes como se fossem máquinas de produção. Eu que mesmo as máquinas precisam, uma e outra vez, de alguma manutenção para uma boa produtividade.

Pensa-se que um trabalhador que diz pertencer à linha do cliente da MOVITEL vive um mar de rosa, mas, na verdade, é tudo ao contrario: Os trabalhadores estão inseguros e vivem com medo de perder o emprego. Há algum tempo, a empresa tinha um sistema de níveis que ajudava a elevar um pouco o salário dos trabalhadores, mensalmente. Havia 4 categorias que iniciavam no nível D – 4º nível e mas baixo, com direito a apenas o salário liquido; nível C – 3º nível, com direito a um aumento de 1.000mt; nível B – 2º nível, com direito a um aumento de 1.800mt e, por fim, o nível A – 1º nível, cujo aumento era de 2.800mt, adicionados ao salário base do trabalhador e depois feitos os descontos para o INSS. Estas modalidades foram abolidas sistemas.

No dia 25 de Dezembro, alguns colaboradores não puderam se fazer presentes ao trabalho, por conta de algumas dificuldades. Apesar de eles terem justificado, não tiveram direito ao 13º terceiro salário. Estamos a falar de bónus anuais de funcionários que trabalharam 365 dias, mas porque faltaram só um dia foram privados do seu direito.

No dia 01 de Janeiro, outros trabalhadores compareceram ao trabalho por falta de transporte, dependendo de onde cada um esteve a passar as festas. No dia seguinte, os colegas justificaram as faltas mas também sofreram descontos de 50% nos seus salários de Janeiro.

Trata-se de pais e mães que têm filhos e lares por sustentarem. Eles foram surpreendidos com essas injustiças nas vésperas do início de aulas. Os referidos colaboradores apanharam nas suas contas bancárias apenas 3.000 e 2.000mt.

Não existe supervisão da MOVITEL. Esta empresa devia zelar pela qualidade e não quantidade no atendimento aos seus clientes. A Nduku Investimentos, Lda não se importa com a situação dos trabalhadores. SOCORRO.

*Publicado anonimamente a pedido do autor

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!