Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

SeedStars: TABECH Serviços a caminho da Suíça em busca de 500.000 US dólares

Wena Data vence quarta edição do SeedStars

Foto de Fim de SemanaA TABECH Serviços é a vencedora da terceira edição do SeedStars Maputo, uma competição de startups para mercados emergentes, realizada na quarta-feira, 14 de Junho, na cidade de Maputo, com o apoio do Standard Bank como parceiro oficial e da UX Information Technologies como embaixador local.

Esta startup representará Moçambique na cimeira regional da Seedstars, agendada para Dezembro deste ano, em Maputo, e no SeedStars World 2017 que terá lugar na Suíça.

A TABECH Serviços apresentou um serviço designado MovelCare, que usa telemóveis sem recurso à internet para o acesso a seguros de funeral. Visivelmente emocionado com a deliberação do júri, Tauanda Chare, fundador da TABECH Serviços, destacou a competitividade havida neste concurso, assumindo que não esperava pela vitória final.

“Sinto-me muito feliz. Não esperava ganhar e nem acredito que isto tenha acontecido, sobretudo pela qualidade demonstrada pelos outros participantes”, disse.

Sobre a presença no SeedStars World, Tauanda referiu que para a Suíça não levará apenas o seu projecto, mas também o nosso País, sendo seu principal objectivo colocar Moçambique no topo deste evento mundial.

“Tentaremos provar ao mundo que Moçambique é capaz de produzir algo de muito valor”, garantiu Tauanda, que na ocasião enalteceu o apoio prestado pelo Standard Bank à iniciativa, fundamental para “trazer outro nível na promoção das startups moçambicanas”.

No discurso que marcou a abertura deste evento, o administrador delegado do Standard Bank, Chuma Nwokocha, manifestou o orgulho do banco por ser o principal parceiro do SeedStars, que este ano cobriu o País inteiro, com destaque para a presença de uma startup da província de Niassa entre as 12 seleccionadas.

“Estamos aqui para demonstrar o compromisso que o Standard Bank tem de transformar a economia moçambicana, impulsionando o seu crescimento”, disse.

Chuma Nwokocha enalteceu ainda a aposta feita pelo banco no SeedStars Maputo, um evento que, conforme referiu, cresce a cada ano. “O crescimento de inscrições na ordem de 44%, em relação a 2016, demonstra que se trata de uma iniciativa bastante relevante para o nosso País”, revelou, tendo na ocasião desejado boa sorte a todos os empreendedores participantes no evento.

A directora Regional do SeedStars para África, Cláudia Makadristo, falou, por sua vez, dos objectivos do evento de Maputo, referindo que a iniciativa visa promover empreendedores moçambicanos na área dos serviços tecnológicos, atrair empresas e investidores para as startups nacionais, bem como garantir o respectivo investimento.

Cláudia Makadristo indicou, ainda, que a missão do SeedStars é de gerar investimentos em mercados emergentes, sendo que “criámos este concurso com o propósito de atrair investidores para estes mesmos mercados”.

“O que começou como uma estratégia, hoje virou um grande movimento. Começamos em 14 países, mas hoje estamos em mais de 70 em todo mundo, incluindo Moçambique”, contextualizou a directora Regional do SeedStars para África.

Importa referir que participaram neste concurso um total de 12 startups, nomeadamente a Supevy, CrimeDown, Dream Solutions Enterprise, Fakul, Karingana Wa Karingana Textiles, Kharin, Olenvo, LavaMe, Side, TABECH Serviços, Tech4Kids Academy e AllTrack.

Para além do Standard Bank e da UX Information Technologies, esta iniciativa contou igualmente com o apoio da Embaixada do Reino dos Países Baixos, Shell, Internet Solutions, Castle Lite e Coca-Cola.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!