Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sebastian Vettel é campeão do Mundo de Fórmula 1

Mundial de Fórmula 1 arranca este fim de semana na Austrália

Afinal quem tinha razão era Christian Horner ao não permitir que Sebastian Vettel e Mark Webber trocassem de posições no GP do Brasil. Se o tivesse permitido, e os resultados fossem exatamente os mesmos de hoje em Abu Dhabi, nem um nem outro piloto da Red Bull seria campeão. Mas teve toda a razão, e Sebastian Vettel correspondeu da melhor forma ao vencer a corrida deste domingo, beneficiando de um conjunto de resultados que quase ninguém esperava para se sagrar Campeão do Mundo de Fórmula 1. Depois do azar do GP da Coreia, o piloto alemão reverteu a situação a seu favor, numa corrida em que Alonso passou quase meia corrida atrás de…Vitaly Petrov.

 

 

Lewis Hamilton foi Segundo, na frente de Jenson Button. Nico Rosberg foi quarto enquanto Robert Kubica ficou classificado logo a seguir, na frente do seu colega de equipa Vitaly Petrov e…Fernando Alonso.

Basicamente, a Ferrari precipitou-se ao mandar o espanhol às boxes pouco depois de Mark Webber, numa marcação ‘cerrada’, ficando à mercê de todos os pilotos que escolheram as táticas adequadas, com Vettel a sagrar-se o mais jovem Campeão do Mundo de sempre…

Na corrida, Vettel liderou praticamente toda a distância desta, mas foi o que se passou atrás que decidiu as contas do título. O ex-líder do campeonato, Alonso apenas precisava de ser quarto para assegurar o campeonato, mesmo com Vettel a vencer, mas as suas esperanças ficaram praticamente arruinadas quando se viu, impotente, atrás do Renault de Vitaly Petrov, que aproveitou para ir às boxes aquando da entrada do safety-car em pista, beneficiando mais tarde dessa situação, o mesmo sucedendo com Nico Rosberg e Robert Kubica, que fizeram o mesmo que o russo, enquanto Alonso e Webber se marcavam mutuamente.

Aliás, foi neste detalhe que a Ferrari falhou completamente, pois ao ter medo que a estratégia de Webber resultasse, cometeram um erro fatal, pois se é verdade que Webber ficou atrás de Alonso, na frente do espanhol ficaram pilotos que em condições normais nem sequer eram para ali chamados… E tudo foi despoletado precisamente pela ida muito cedo às boxes por parte de Webber, depois de ter batido numa parede com a roda traseira esquerda do seu RB6. Como resultado, Alonso ficou preso atrás de Petrov, e para chegar à posição que precisava, tinha ainda pela frente, Kubica e Rosberg. Nem o russo conseguiu passar.

Lá na frente, e para que se perceba bem o erro da Ferrari, Button, que estava na frente de Alonso na fase inicial da corrida, foi terceiro sem grandes problemas, 20 segundos segundos na frente de Rosberg.

Classificação

1. Vettel Red Bull-Renault 1h39m36.837s

2. Hamilton McLaren-Mercedes a 10.1s

3. Button McLaren-Mercedes a 11.0s

4. Rosberg Mercedes a 30.7s

5. Kubica Renault a 39.0s

6. Petrov Renault a 43.5s

7. Alonso Ferrari a 43.7s

8. Webber Red Bull-Renault a 44.2s

9. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 50.2s

10. Massa Ferrari a 50.8s

11. Heidfeld Sauber-Ferrari a 51.5s

12. Barrichello Williams-Cosworth a 57.6s

13. Sutil Force India-Mercedes a 58.3s

14. Kobayashi Sauber-Ferrari a 59.5s

15. Buemi Toro Rosso-Ferrari a 1m03.1s

16. Hulkenberg Williams-Cosworth a 1m04.7s

17. Kovalainen Lotus-Cosworth a 1 volta

18. Di Grassi Virgin-Cosworth a 2 voltas

19. Senna HRT-Cosworth a 2 voltas

20. Klien HRT-Cosworth a 2 voltas

21. Trulli Lotus-Cosworth a 4 voltas

Abandonos:  Glock Virgin-Cosworth 44, Schumacher Mercedes 1, Liuzzi Force India-Mercedes 1

Classificação final do Mundial de Pilotos

1. Vettel 256

2. Alonso 252

3. Webber 242

4. Hamilton 240

5. Button 214

6. Massa 144

7. Rosberg 142

8. Kubica 136

9. Schumacher 72

10. Barrichello 47

11. Sutil 47

12. Kobayashi 32

13. Petrov 27

14. Hulkenberg 22

15. Liuzzi 21

16. Buemi 8

17. De la Rosa 6

18. Heidfeld 6

19. Alguersuari 5

Classificação final do Mundial de Construtores

1. Red Bull-Renault 498

2. McLaren-Mercedes 454

3. Ferrari 396 4. Mercedes 214

5. Renault 163

6. Williams-Cosworth 69

7. Force India-Mercedes 68

8. Sauber-Ferrari 44

9. Toro Rosso-Ferrari 13

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!