Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Saúde em campanha para uso do leite do peito

As autoridades sanitárias, na província de Nampula, estão preocupadas com os problemas e transtornos nutritivos, bem como de outras formas de infecções em crianças recém nascidas, em consequência de recurso das comunidades de métodos alternativos ao aleitamento materno.

Maria Violante Viola, directora provincial de saúde em Nampula, diz que por o Ministério de Saúde (MISAU), considerar o aleitamento materno exclusivo, uma intervenção chave para a sobrevivência infantil, devido a sua capacidade de redução de casos de mortes de crianças devido as doenças diarreicas e outras formas de infecção respiratórias, o sector que dirige, esta neste momento engajado na busca de alternativas para a massificação daquela prática.

É neste âmbito que o MISAU, em colaboração com o Sindicato Nacional de Jornalistas, promoveu uma formação dos jornalistas para que eles possam nos ajudar nas campanhas de sensibilização das comunidades, para a compreensão da importância do aleitamento materno – referiu Viola.

Com efeito, os cerca de Dez jornalistas que participaram da formação, asseguraram que já tem ferramentas suficientes para a promoção de debates, televisivos e radiofónicos, bem como de artigos na imprensa escrita sobre a importância do uso do leite do peito ao longo dos primeiros seis meses de vida da criança.

Consta que um dos maiores benefícios do leite materno, é o facto de este oferecer ao bebé, os anticorpos que fortalecem o sistema imunológico e que reduz a possibilidade do lactente contrair infecções do ouvido, respiratórios, urinár ias ou gastro- intestinais (vulgarmente conhecida por diarreia infantil). Tal faz com que, igualmente, se reduza a possibilidade de morte súbita dos bebes ou de desenvolver alergias como a asma.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!