Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ruanda reforça sistema de saúde contra a febre do Ébola

As autoridades ruandesas anunciaram, esta sexta-feira (12), o reforço do sistema de saúde contra a febre hemorrágica do vírus do Ébola, convidando as companhias aéreas a suspender o desembarque de passageiros provenientes de países afectados pela doença, incluindo a Guiné Conacri, a Libéria, a Serra Leoa e o Senegal.

Num comunicado divulgado em Kigali, a ministra ruandesa da Saúde, Agnès Binagwaho, explicou que esta medida visa proteger a saúde de todos os Ruandeses e visitantes do país.

“Tendo em conta que a epidemia atingiu uma escala sem precedentes, nomeadamente na África Ocidental desde o início deste ano, todos os passageiros provenientes desses países serão proibidos de entrar no país”, acrescentou a ministro da Saúde, citada no comunicado.

Segundo o último balanço elaborado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), 3.944 casos da doença do vírus do Ébola foram confirmados na Libéria, na Guiné Conacri e na Serra Leoa, causando 2.097 mortes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!