Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Riek Machar, chefe da oposição do Sudão do Sul, regressou à capital para juntar-se ao Governo de Unidade Nacional

O Ministério sudanês dos Negócios Estrangeiros saudou num comunicado, o regresso do chefe da oposição do Sudão do Sul, Riek Machar, a Juba, a capital do Sudão do Sul, marcando assim o início da aplicação efectiva do acordo de paz assinado em Addis Abeba em Agosto de 2015.

O regresso de Machar será o primeiro passo para a formação do Governo de Unidade Nacional que vai dirigir o país durante um período de transição, segundo o comunicado divulgado terça-feira pelo Ministério sudanês dos Negócios Estrangeiros em Cartum.

O Sudão aproveita esta ocasião para apelar a todas as partes signatárias do acordo para executarem, com boas intenções, os compromissos assumidos neste acordo, pondo o interesse do Sudão do Sul e do seu povo acima de outros interesses e garantindo a segurança e a estabilidade da região.

O comunicado exortou igualmente os parceiros regionais e internacionais a continuarem seus esforços para ajudarem as partes em causa durante o período de transição, afirmando ao mesmo tempo o compromisso do Sudão de continuar suas diligências com os seus parceiros no quadro da IGAD e da União Africana para garantirem a execução do acordo de 2015 no interesse do Sudão do Sul e da região.

De facto Reik Machar, ex-Vice-Presidente do Sudão do Sul, chegou terça-feira última à tarde a Juba com vários dirigentes da oposição provenientes da Etiópia para aplicar o último artigo do acordo prestando juramento como primeiro Vice-Presidente do país.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!