Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Restos mortais de criança albina exumadas em Tete

Três cidadãos moçambicanos encontram-se detidos nas celas do Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Moatize, na província de Tete, acusados de desrespeito dos mortos, acto que consistiu na exumação de um túmulo, do qual extraíram os ossos de uma criança albina.

Segundo as autoridades policiais, os visados foram surpreendidos na posse das referidas ossadas humanas na região de Mamene. Os restos mortais são de uma criança de sexo masculino, de nove anos de idade, falecida há dias no posto administrativo de Zóbuè.

Costa que as ossadas seriam vendidas a 500 mil meticais a um cidadão não identificado e supostamente foragido. Ainda em Tete, no distrito de Tsangano, um outro cidadão encontra-se preso por venda do seu filho albino. O crime deu-se há dias e o menor continua desaparecido. A PRM está igualmente no encalço do irmão do pai do menino, também implicado no caso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!