Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Repórter que denunciou escutas ilegais do jornal News of the World é encontrado morto

Um antigo jornalista que disse ao jornal New York Times que as escutas ilegais do do agora extinto periódico News of the World eram mais numerosas do que se pensava foi encontrado morto, informaram vários veículos de comunicação na segunda-feira. A polícia indicou que não estava tratando a morte como suspeita.

Sean Hoare, um antigo jornalista do mundo do espetáculo que trabalhava no jornal da News International, divisão da News Corp, também afirmou à BBC que o ex-diretor do periódico Andy Coulson havia lhe pedido que fizesse escutas telefônicas ilegais. Coulson negou ter conhecimento de qualquer prática irregular.

“A morte está sendo tratada agora como sem explicação, não como se fosse suspeita. As investigações policiais sobre este incidente seguem em curso”, informou um comunicado da polícia de Hertfordshire, que não confirmou a identidade do falecido.

A mídia britânica disse que Hoare, que foi demitido por problemas com álcool e drogas, apareceu morto na sua casa de Watford, no norte de Londres. Coulson foi contratado em 2007 como chefe de imprensa por David Cameron antes deste se tornar primeiro-ministro. Ele interrompeu o seu trabalho com o funcionário em janeiro deste ano. Coulson deixou o jornal em 2007, depois que um dos seus jornalistas ter sido preso por escutar mensagens de voz de telefones pessoais da Casa Real para obter informações exclusivas sobre a família real. Um artigo do New York Times em setembro informou que a prática de escutar ilegalmente chamadas telefónicas era maior.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!