Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Renamo está contra o progresso do país, segundo Comandante-geral da Polícia

O comandante-geral da Polícia da República de Moçambique, Jorge Khálau, considera que os ataques protagonizados pela Renamo no troço Muxúnguè-rio Save, resultam da manipulação a que o maior partido da oposição está a ser sujeito por indivíduos e organização que estão contra o progresso do país.

Na opinião de Khálau, que teceu estas palavras durante o encerramento da campanha “Operação Sossego”, na última sexta-feira (17), no posto fronteiriço de Ressano-Garcia, distrito de Moamba, província de Maputo, como forma de impedir estes actos, protagonizados pelos guerrilheiros da Renamo, é necessário que as Forças de Defesa e Segurança estejam em prontidão combativa para garantir a circulação e protecção de pessoas e bens onde ocorrem os ataques.

“O que a Renamo pretende com os ataques é fomentar medo nas populações e desta forma limitar o desenvolvimento, reavivar a escravidão e incrementar a pobreza. Mais do que criar instabilidade, estes actos fazem com a economia regrida e continuemos a viver de mão estendida, o que só nos faz lembrar da era do colonialismo”, disse Khálau.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!