Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Relatório reafirma teoria de suicídio do comandante do voo da LAM

Um relatório provisório das autoridades namibianas que investigam as causas da queda do voo TM-470 das Linhas Aéreas de Moçambique, em Novembro de 2013, na Namíbia, reafirma a teoria de suicídio do piloto.

Segundo avança o jornal The Namibian, o Ministério das Obras e Transportes da Namíbia, responsável pela investigação, divulgou um relatório interino, reafirmando que o comandante do voo TM-470, Hermínio dos Santos Fernandes, despenhou intencionalmente a aeronave, provocando a morte de todos os 33 ocupantes, incluindo seis portugueses.

Assinado pela Direção de Investigação de Acidentes Aéreos (Directorate of Aircraft Accident Investigation’s) do ministério namibiano, o relatório foi divulgado a 01 de Dezembro do ano passado, quando se cumpria um ano sobre o desastre que vitimou 27 passageiros e seis membros da tripulação do avião Embraer-190 da Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que fazia a ligação Maputo-Luanda.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!