Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reino Unido eleva nível de alerta terrorista

O nível de alerta terrorista no Reino Unido foi elevado, para incentivar os britânicos a aumentarem a vigilância e antes de reuniões internacionais sobre o Iêmen e o Afeganistão previstas em Londres. O ministro britânico do Interior, Alan Johnson, anunciou na noite de sexta-feira que o nível de alerta terrorista passou de “importante” a “grave”, o que significa que um atentado é “muito provável”.

Ele se apressou em ressaltar, porém, que “não há qualquer indício da iminência de um ataque”. O nível “grave” é o quarto dos cinco níveis de alerta divulgados em 2006, um ano após os atentados de 7 de julho de 2005 no metrô e em autocarros de Londres que deixaram 56 mortos e mais de 600 feridos. O nível havia sido abaixado em julho de 2009.

O ministro não quis especificar se a elevação do nível de alerta é a consequência da tentativa de atentado de 25 de dezembro contra um avião da companhia americana Northwest Airlines entre Amsterdã e Detroit (norte dos EUA) e das preocupações com ameaças de atentados procedentes de radicais islâmicos do Iêmen.

No entanto, o especialista americano em terrorismo Peter Neumann confirmou esta relação. “Trata-se de uma medida de precaução ligada a todos os acontecimentos das cinco ou seis últimas semanas, entre eles Detroit e a tomada de consciência sobre o Iêmen”, afirmou. Para Alex Carlile, conselheiro do governo britânico em matéria de legislação antiterrorista, “a mensagem enviada por esta mudança de nível não é que temos de ficar mais assustados, e sim que temos de ser mais vigilantes do que fomos no passado”.

Quarta-feira, o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, anunciou a suspensão dos voos entre o Reino Unido e o Iêmen e a criação, pela primeira vez no país, de uma “lista negra” de passageiros indesejáveis.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!