Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reclamação: demora do início das aulas Universidade Pedagógica de Nacala-Porto

Boa tarde, Jornal @Verdade. Sou um estudante da Universidade Pedagógica (UP) na delegação de Nacala-Porto, na província de Nampula, e residente na cidade com o mesmo nome.

Gostaria, através deste espaço, de manifestar a minha preocupação em relação à demora do início das aulas nesta instituição de ensino superior deste ponto do país. A abertura do ano académico 2013 aconteceu há mais de um mês, mas não estamos a estudar.

O que me preocupa e aos outros colegas também inscritos neste estabelecimento de ensino são as cobranças de propinas que a direcção da Universidade Pedagógica de Nampula está a fazer enquanto não há nenhuma aula em curso. A primeira mensalidade já foi paga e o segundo pagamento deve ser feito até o dia 10 do próximo mês.

Este problema está a inquietar-nos porque, contrariamente ao que acontecia no passado, depois da abertura do ano académico de 2013 a direcção da Universidade Pedagógica não se movimentou no sentido de garantir o decurso das aulas. Ainda não houve nenhuma informação sobre as reais causas desta situação.

Para nós, as mensalidades já pagas não são necessariamente um problema, o que nos deixa agastados é a ausência de comunicação por parte da instituição. Ajudem-nos!

Sobre este assunto, a nossa Reportagem contactou a direcção da Universidade Pedagógica de Nampula, que nos confirmou o atraso do arranque das aulas para o presente ano académico.

Segundo a explicação daquele estabelecimento de ensino superior na província mais populosa de Moçambique, as aulas ainda não arrancaram devido a questões burocráticas.

A nossa fonte disse também que a demora está relacionada com a falta de infra-estruturas para a prossecução das actividades de ensino e aprendizagem. Estava em curso um trabalho de identificação de instalações e sua negociação junto dos proprietários para servirem de salas de aulas e de outros compartimentos inerentes ao processo de instrução.

De acordo com o interlocutor do @Verdade, a direcção da Universidade Pedagógica estava igualmente a fazer acertos na contratação de docentes, uma vez que a maior parte dos que vão leccionar em Nacala-Porto não é do grupo dos quadros efectivos.

Entretanto, a fonte tranquilizou os estudantes afirmando que as dificuldades por que a instituição passava já foram ultrapassadas. As aulas deverão iniciar ainda neste mês de Março.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!