Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rebeldes islâmicos tomam primeiro vilarejo na costa norte da Síria

Os rebeldes islâmicos ocuparam um vilarejo na costa mediterrânea da Síria pela primeira vez e batalharam para manter territórios tomados das forças do presidente Bashar al-Assad perto da fronteira com a Turquia, disseram os activistas, esta terça-feira (25).

Imagens de vídeo mostram seis combatentes a erguer a bandeira negra da brigada Ansar al-Sham numa praia pedregosa, uma vitória rebelde simbólica na província costeira de Latakia, um bastião de Assad ao longo dos três anos de conflito.

“Esta é a primeira área da costa síria a ser libertada”, disse um activista usando o nome Abu Bakr em referência à praia e ao vilarejo próximo de Samra. Latakia e a província vizinha de Tartous formam o coração mediterrâneo da minoria alauíta de Assad, e permaneceram leais a ele no meio dos combates com os rebeldes da maioria sunita muçulmana numa guerra civil que já matou mais de 140 mil pessoas.

Depois de meses de revezes no centro da Síria, os rebeldes islâmicos lançaram uma ofensiva na sexta-feira na região de Latakia, tomando a passagem da fronteira e o vilarejo armênio cristão de Kasab. Desde então, Assad enviou reforços do Exército e de milícias, apoiados por forças aéreas, para repelir os rebeldes, levando a combates intensos no estreito de terra ao longo da fronteira turca.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos disse que 14 combatentes pró-Assad e seis rebeldes – a maioria jihadistas estrangeiros – foram mortos nesta terça-feira lutando pelo cume estratégico de uma colina próxima a Kasab.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!