Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reassentamento/ INGC dispõe de 49 milhões de meticais

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) dispõe de 49 milhões de meticais (cerca de 1.8 milhões de dólares americanos), para financiar a conclusão, até Maio próximo, de 2260 casas nos bairros de reassentamento das vítimas das cheias ocorridas em 2007/08.

As cheias registadas no último biénio fizeram vítimas humanas, assim como destruíram diversas propriedades, nos vales do Púngoè, Save e Zambeze na região centro do país. Este pacote financeiro é, segundo a Rádio Moçambique (RM), emissora nacional, parte dos 167 milhões de meticais aprovados pelo executivo para transformar os bairros de reassentamento em futuras vilas ou cidades.

João Ribeiro, director do INGC, que se encontra de visita a província central da Zambézia para se inteirar do andamento dos trabalhos de construção das casas e infra-estruturas sociais nos bairros de reassentamento, disse que o montante permitirá edificar outras 600 casas, 105 das quais naquele mesmo ponto do país.

Ao abrigo do processo em curso, está prevista a construção, até Novembro próximo, de três mil casas, para as vistas das enxurradas que afectaram severamente as populações que viviam nos vales das três bacias hidrográficas. “Queremos ver também actividades de geração de rendimento, para que as populações reassentadas se sintam muito bem nestas futuras vilas ou cidades que vão nascer”, disse Ribeiro.

Neste momento, o INGC efectua viagens regulares, transportando material de construção diverso desde barrotes, chapas de zinco e cimento para os bairros de reassentamento, na região centro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!