Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Real Madrid conquista a 11ª Liga dos Campeões europeus

O Real Madrid conquistou neste sábado a Liga dos Campeões de futebol, erguendo o troféu pela 11ª vez, ao impor-se ao rival Atlético de Madrid no desempate por penaltis (5 a 3), na final de Milão, Itália, que terminou empatada 1 a 1.

Os ferros da baliza foram “carrascos” dos “colchoneros”, já que Griezmann falhou um penalti aos 48 minutos, atirando à trave, e Juanfran desperdiçou a única grande penalidade após o prolongamento, com remate ao poste.

Antes, no tempo regulamentar no Estádio San Siro, Sérgio Ramos colocou os “merengues” na frente, aos 15 minutos, mas Ferreira-Carrasto deu o empate ao Atlético de Madrid, aos 79, forçando um prolongamento que nada mudou.

Cristiano Ronaldo, que marcou o penalti decisivo, esteve discreto, Pepe esteve seguro, mas cometeu o penalti desperdiçado pelo francês, enquanto Tiago não saiu do banco do Atlético, que voltou a perder a final para o eterno rival, depois de 2014, em Lisboa.

O Real Madrid foi melhor no primeiro tempo, o Atlético de Madrid reagiu e foi superior no segundo, enquanto no prolongamento ficou marcado pelo desgaste físico que manteve o desafio sem golos, o que obrigou ao inglório desempate.

Os “merengues” foram a única equipa a criar perigo no primeiro tempo, começando num livre de Bale (06 minutos) desviado a meias entre Benzema e Casemiro, com o ex-benfiquista Oblak a defender instintivamente, em cima da linha.

A equipa de Zidane chegou ao golo na sequência de livre de Toni Kroos, na esquerda, com o desvio de cabeça de Bale a deixar a bola na pequena área para o toque final de Sergio Ramos, que surgiu em posição aparentemente irregular.

O Atlético de Madrid não está habituado a sofrer golos de bola parada, nem em ter de assumir o jogo perante adversários da sua dimensão, antes privilegiando os contra-ataques e bolas para as costas da defesa. Esse desafio revelou-se complicado, até porque Zinedine Zidane, campeão europeu no ano de estreia como treinador, baixou o bloco do Real Madrid, retirando assim espaço ao adversário, que não tinha elementos ofensivos capazes de rasgar a sua exemplar organização defensiva.

O desafio manteve a intensidade na disputa da bola, mas a emoção andou arredada do relvado até ao intervalo, com os “colchoneros” a limitarem-se a um remate perigoso de Griezmann (43), mas controlado por Navas.

Após o intervalo e apenas com 53 segundos de jogo na etapa complementar, Pepe travou Fernando Torres em falta na área, um penalti que o francês Griezmann desperdiçou, “estoirando” na trave.

O lance traduzia uma atitude mais competitiva da equipa de Simeone, que, com o “miolo” mais combativo e eficaz, encostou o adversário no seu meio campo e, aos 54, na sequência de um canto, Savic, na pequena área, desperdiçou oportunidade de golo clara.

Aos 59, ataque rápido na esquerda, Ferreira-Carrasco cruzou e Saúl, sem deixar cair, atirou ao lado, levando o treinador a pedir apoio dos “colchoneros” que se elevaram, perante um adversário que muito cedo começava a “queimar” tempo.

O jogo avançava e o ímpeto mais ofensivo do Atlético abria brechas defensivas, destacando-se uma abertura de Modric (70) para Benzema, mas o francês, isolado na cara de Oblak, atirou contra o peito do guarda-redes, desperdiçando oportunidade soberana de sentenciar.

Logo a seguir, Cristiano Ronaldo (78) quis fazer bonito e pode ter desperdiçado o 2a 0 na cara de Oblak, com Savic a salvar depois, na linha de golo, a recarga de Bale. O esbanjamento foi fatal, pois na resposta, Juanfran cruzou da direita e Ferreira-Carrasco (79) antecipou-se à defesa na pequena área para igualar um jogo que chegou a prolongamento, no qual o desgaste físico foi mais forte do que a qualidade do jogo.

No desempate por penaltis, Juanfran completou a maldição dos postes e Cristiano Ronaldo tornou-se o primeiro português com três títulos europeus.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!