Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Queixaxe introduz ensino secundário sem instalações próprias

O Posto Administrativo de Quixaxe, no distrito de Mogincual, província de Nampula, no Norte de Moçambique, vai introduzir, pela primeira vez, este ano, o ensino secundário geral. Nesta primeira fase vai funcionar somente com duas turmas da 8ª classe compostas por 120 alunos.

Escola Secundária de Quixaxe é como se chama a instituição que ainda não tem instalações próprias. Vai funcionar em casa emprestada até que se construam oito salas de aulas, um bloco administrativo e casas para os professores. As obras arrancam ainda este ano, mas não existe data precisa para o efeito.

As aulas serão dadas por oito professores. Neste momento estão a fazer os últimos acertos para o decurso normal do ano lectivo de 2013 que arrancou oficialmente esta segunda-feira (14) à escala nacional.

A existência do ensino secundário naquele posto significa, consequentemente, a redução de uma distância de 50 quilómetros que os graduados da 7ª classe percorriam para continuar os seus estudos em Monapo, Namige e Liupo.

Faruck Satar, chefe do Posto Administrativo de Quixaxe, disse que o ensino secundário geral naquele ponto é uma mais-valia no combate à pobreza. Espera que a vida da população local melhore cada vez mais porque com a alfabetização Moçambique poderá desenvolver.

O empreiteiro a quem foram adjudicadas as obras encontra-se a preparar o terreno onde serão erguidas as infra-estruturas enquanto se aguarda pelo dinheiro a ser disponibilizado pelos Serviços Distritais da Educação, explicou Satar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!