Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Queda na confiança derruba Wall Street

A Bolsa de Nova York fechou em baixa nesta terça-feira, puxada pela inesperada queda na confiança dos consumidores: Dow Jones perdeu 0,97% e Nasdaq, 0,49%. O Dow Jones Industrial Average cedeu 82,38 pontos, a 8.447,00 unidades, enquanto o Nasdaq caiu 9,02 pontos, a 1.835,04.

O índice ampliado Standard and Poor’s 500 retrocedeu 0,85% ou 7,90 pontos, a 919,33. “O índice de confiança (dos consumidores e lares) verdadeiramente colocou o mercado na defensiva”, disse Peter Cardillo, da Avalon Partners, acrescentando que a tendência de queda foi amplificada pelo baixo volume de negócios.

O recuo na confiança dos consumidores em junho, medida pelo instituto privado Conference Board, a 49,3 pontos, contra 54,8 em maio, foi um “duro golpe” no mercado, assinalou Lindsay Piegza, do FTN Financial. Os analistas esperavam um índice estável e foi tal a surpresa que a Bolsa passou ao vermelho, após abrir o pregão no azul. “Há sinais que antecipam uma mudança na tendência do mercado imobiliário, mas foram apagados pela perda da confiança”, destacou Piegza.

A prudência dos investidores se acentuou devido ao final do segundo trimestre, nesta terça-feira, e diante da perspectiva de um indicador maior, na quarta, sobre o emprego. No trimestre, Wall Street teve um bom progresso: Dow Jones subiu 11%, Nasdaq, 20%, e S&P 500, 15%. No mercado de obrigações, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subiu a 3,523%, contra 3,492% na segunda-feira, e o do bônus a 30 anos fechou a 4,311%, contra 4,307% na véspera.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!