Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Quase 400 corpos são resgatados após deslizamento em Serra Leoa

Equipes de resgate recuperaram quase 400 corpos após um deslizamento de lama nas redondezas da capital de Serra Leoa, Freetown, disse o chefe legista nesta terça-feira, quando as buscas continuavam por mais vítimas.

O presidente Ernest Bai Koroma fez um apelo aos moradores da cidade de Regent e outras áreas inundadas em torno de Freetown para deixar o local imediatamente para que a equipe militar e outros trabalhadores de resgate pudessem continuar a procurar sobreviventes possivelmente enterrados sob os destroços.

Dezenas de casas foram cobertas de lama depois que uma encosta desmoronou na cidade de Regent na manhã de segunda-feira, em um dos desastres naturais mais letais da África nos últimos anos.

“Conforme a busca continua, reunimos cerca de 400 corpos – mas prevemos mais de 500”, disse o chefe legista, Seneh Dumbuya, à Reuters.

Corpos continuavam a chegar à casa mortuária central da cidade, que está sobrecarregado, disse uma testemunha da Reuters.

“O nosso problema aqui é espaço. Estamos tentando separar, quantificar e examinar rapidamente e depois emitiremos certificados de óbitos antes do enterro”, disse Owiz Koroma, diretor da casa mortuária, que também estimou o número de mortos em centenas.

Para aliviar a pressão sobre a casa mortuária, as autoridades e as agências de ajuda estavam se preparando para enterrar os corpos em quatro cemitérios diferentes em Freetown na quarta-feira, disse Idalia Amaya, coordenadora de resposta de emergência para a entidade Catholic Relief Services.

Centros de resgate foram instalados ao redor da capital para registar e auxiliar vítimas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!