Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Quarenta mortos e 30 feridos em ataque a comboio humanitário no sul do Sudão

Pelo menos 40 soldados morreram e 30 pessoas ficaram feridas neste final de semana durante o ataque a um grande comboio fluvial de ajuda humanitária no Sul do Sudão, indicaram neste domingo autoridades políticas e humanitárias.

Membros da tribo Jikany Nuer atacaram na sexta-feira no Estado do Alto Nilo (sudeste) um comboio de 31 barcas que passava pelo rio Sobat, 27 das quais levavam produtos para o Programa Alimentar Mundial (PAM), indicaram membros da organização. O comboio estava sendo escoltado por soldados do Exército Popular de Libertação do Sudão (SPLA, ex-rebeldes do Sul de Sudão).

“Só sei que 40 soldados morreram”, declarou à AFP Thom Mom, ministro da Informação do Estado do Alto Nilo. O ataque foi praticado cerca de 20 km ao sul da cidade de Nassir. A imprensa sudanesa apresentou diferentes registros neste domingo, de até 400 mortos e feridos. “Um número indeterminado de pessoas morreram, segundo informações, e outras ficaram feridas por causa de enfrentamentos entre o SPLA, que escoltava o comboio, e um grupo armado”, indicou em um comunicado a Missão das Nações Unidas no Sudão (UNMIS).

O comboio transportava 700 toneladas de ajuda humanitária destinada ao povoado de Akobo, no estado vizinho de Jonglei, próximo da fronteira com a Etiópia, onde 18.000 pessoas que fugiram da violência tribal se refugiaram no início do ano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!