Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Quarenta mortos e 30 feridos em ataque a comboio humanitário no sul do Sudão

Pelo menos 40 soldados morreram e 30 pessoas ficaram feridas neste final de semana durante o ataque a um grande comboio fluvial de ajuda humanitária no Sul do Sudão, indicaram neste domingo autoridades políticas e humanitárias.

Membros da tribo Jikany Nuer atacaram na sexta-feira no Estado do Alto Nilo (sudeste) um comboio de 31 barcas que passava pelo rio Sobat, 27 das quais levavam produtos para o Programa Alimentar Mundial (PAM), indicaram membros da organização. O comboio estava sendo escoltado por soldados do Exército Popular de Libertação do Sudão (SPLA, ex-rebeldes do Sul de Sudão).

“Só sei que 40 soldados morreram”, declarou à AFP Thom Mom, ministro da Informação do Estado do Alto Nilo. O ataque foi praticado cerca de 20 km ao sul da cidade de Nassir. A imprensa sudanesa apresentou diferentes registros neste domingo, de até 400 mortos e feridos. “Um número indeterminado de pessoas morreram, segundo informações, e outras ficaram feridas por causa de enfrentamentos entre o SPLA, que escoltava o comboio, e um grupo armado”, indicou em um comunicado a Missão das Nações Unidas no Sudão (UNMIS).

O comboio transportava 700 toneladas de ajuda humanitária destinada ao povoado de Akobo, no estado vizinho de Jonglei, próximo da fronteira com a Etiópia, onde 18.000 pessoas que fugiram da violência tribal se refugiaram no início do ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!