Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Andarilho pelado” britânico perde batalha na Justiça pelo direito de ficar nu

Um homem britânico que já passou sete anos na cadeia por ficar nu em público perdeu uma batalha na Justiça pelo direito de não usar roupas, esta terça-feira (27), quando a corte de direitos humanos da Europa disse a ele que deve respeitar a sensibilidade alheia.

Stephen Gough, apelidado de “o andarilho pelado” pela mídia britânica pela sua tentativa de atravessar o país usando nada mais do que um chapéu e um mochilhão, recebeu cerca de 30 condenações por distúrbio da ordem pública, entre outras ofensas.

Gough argumenta que as leis europeias sobre o respeito à vida privada e à liberdade de expressão o dariam o direito de ficar nu sempre que quisesse.

Mas a Corte Europeia de Direitos Humanos, sediada em Estrasburgo, na França, decidiu que tais leis não se aplicavam ante a “conduta antissocial deliberada e repetida” de Gough. “Ele possui muitas outras maneiras de expressar as suas opiniões”, concluiu o tribunal.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!