Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Projecto turistico consome 272 milhões

Um projecto turístico, avaliado em 272 milhões de dólares norte americanos, vai começar a ser implementado a partir do próximo mês de Maio na cidade Nacala-porto, província de Nampula, devendo compreender um hotel de nível de Quatro estrelas, um centro de campismo e outro de pratica de desportos náuticos, alem de actividades visando elevar os níveis de qualidade de vida das populações circunvizinhas do empreendimento, no domínio da agricultura.

Dados em nosso poder apontam que a implementação do projecto de investidores baseados na vizinha Republica da África do Sul, terá uma duração prevista de cerca de dois anos, devendo cobrir uma área de 75 hectares, no bairro de Chivato, sobre a qual existe um plano visando a sua transformação, numa vila turística, com todas as condições de acolhimento sobretudo na fase de pico turismo de praia, de um numero significativo de visitantes. Chivato, é uma área reconhecida pelas suas belas praias cujas ondas estimulam os surfistas para uma jornada daquela modalidade desportiva amadora. Nas aguas que banham aquele bairro existem condições para a pesca desportiva cuja pratica será capitaliz

ada segundo previsões dos preponentes do projecto turístico no sentido de diversificar o laser. De acordo com Mendes Tomo, director dos serviços distritais de actividades económicas em Nacala, decorrem neste momento trabalhos visando a electrificação do bairro de Chivato, com a construção de uma linha de transporte de energia de media tensão, produzida na hidroeléctrica de Cahora Bassa, a partir do bairro de Quissimajulo. Os residentes de Chivato são favoráveis a implementação da iniciativa e segundo o acordo firmado durante a auscultação pública realizada recentemente, as 223 famílias que serão transferidas das suas zonas de origem devem ter emprego garantido na fase de execução dos trabalhos de construção das infra-estruturas físicas.

 Mendes Tomo, referiu que este projecto tem uma particularidade da sua implementação acompanhar o desenvolvimento do processo de conversão da base militar de Nacala-porto, em aeroporto civil de nível internacional, pois, a conclusão das suas obras vão trazer mais turistas idos de vários pontos do mundo, em particular da Europa, América e Ásia. Será priorizada a construção de lodges seguidamente das infra-estruturas de apoio como sejam salas de conferencias, bem como abertura de arruamentos, campos desportivos e para concluir o hotel.

 Em relação a fase de exploração efectiva do projecto, haverá selecção de mão de obra qualificada para diversas áreas não se excluindo a possibilidade da sua inclusão caso respondam os requisitos exigidos. Para indemnização das 223 famílias, estão garantidos 312 mil meticais desembolsados pelo preponente do projecto. O pagamento dos valores aos beneficiários será efectuado no dia 12 de Abril próximo, num processo que será orientado pelas autoridades governamentais do distrito de Nacala.

A região de Chivato e circunvizinhas, tem um potencial alto para a produção de culturas leguminosas como feijões e hortícolas diversas que os preponentes do projecto turístico querem promover visando essencialmente oferecer aos clientes e por outro lado aproveitar a sua procura no mercado para assegurar uma renda aos produtores locais com o propósito de elevar a sua qualidade de vida.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!