Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Profeta queima as mãos de uma suposta feiticeira em Catandica

Jone Saimone Fole, de 54 anos de idade, profeta da Igreja Johane Masowe Chishanu Madzibaba, queimou, no último sábado (29), no bairro Sanhathunze, na vila de Catandica, na província de Manica, as palmas das mãos de uma cidadã que solicitou os seus serviços supostamente porque era feiticeira.

A vítima chama-se Celestina Jairrosse, residente no bairro Chissano, é acusada pelo seu ex-marido, Rafael Feniasse, de lhe ter transmitido uma doença por intermédio de feitiçaria. A enfermidade, segundo a descrição do ex-esposo, causou borbulhas nas partes íntimas e expelem sujidade.

Jone Fole disse à nossa Reportagem que Celestina foi queimada pelo poder de Deus em virtude de ter mentido durante a profecia, o que ensina aos outros pecadores e lhes obriga a mudar os seus comportamentos negativos na comunidade.

Celestina disse que foi obrigada por Rafael a recorrer à consulta junto do profeta Fole. Ela declarou que durante o processo confessou que usou “água sagrada” oferecida por outro profeta, o referido líquido visava fazer com que ela fosse amada pelo ex-marido.

A vítima queimou numa altura em que foi amarada e untada as palmas das mãos com um “óleo mágico” misturado com pedras e areia. De repente, as mãos pegaram fogo, tentou apaga-lo usando água que estava perto mas o profeta impediu tal intenção e ordenou que ela confessasse tudo o que sabia a respeito da suposta feitiçaria.

Celestina pagou 650 meticais pelo tratamento, valor com o qual devia comprar uma caixa de sabão. “Eu não cobro dinheiro aos clientes mas devem comprar-me sabão porque sujam as minhas roupas durante a consulta”, disse o profeta.

tros curandeiros. Lúcia Conforme, chefe de localidade dois na vila de Catandica, disse que esta situação devia ser reportada às entidades competentes e apelou para que os cidadãos não se envolvam na magia.

Enquanto isso, profeta promete continuar com o seu trabalho iniciado quando tinha 10 anos de idade. Já visitou vários países tais como África do Sul, Nigéria, América, Zimbabwe, dentre outros, por causa do que faz. Ele possui um “óleo mágico” que nunca acaba e aumenta quando é posto ao sol. Aliás, “tenho uma bengala que uso para atacar os pecadores, as prostitutas, os ladroes, uns ficam cegos e outros queimam”.

O Comando da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Báruè prometeu intervir no caso.

 

John Chekwa

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!