Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Procurador francês diz que co-piloto provavelmente provocou queda do avião da Germawings

O co-piloto do avião da companhia aérea alemã Germawings, que caiu nos Alpes franceses matando 150 pessoas, aparentemente provocou o acidente de forma deliberada, disse um procurador de Marselha nesta quinta-feira.

De nacionalidade alemã, Andreas Lubitz, de 28 anos assumiu o controle do Airbus A320 após o capitão deixar a cabine, recusou-se a abrir a porta e acionou o botão que faz o avião descer, disse o procurador francês em entrevista coletiva.

O procurador de Marselha Brice Robin disse que não há ligação conhecida do copiloto com o terrorismo. “Não há razão para suspeitar de um ataque terrorista”, disse.

Perguntado se acredita que o acidente que matou 150 pessoas foi resultado de um suicídio, o procurador disse que “pessoas que cometem suicídio geralmente fazem isto sozinhas… Eu não chamo isto de um suicídio”.

Robin disse que as gravações da caixa-preta recuperadas dos destroços do desastre sugerem que os passageiros não perceberam o que estava acontecendo até o último momento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!