Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

PRM reconhece violação da legalidade em LauLaua

Buscas e detenções de indivíduos sem os respectivos mandatos de captura e respectivos processos-crime, constam das mais flagrantes violações que os agentes da polícia praticam em Lalaua, distrito do interior da provincia de Nampula.

O comandante distrital da PRM, António do Santos, disse que o facto resulta da inexistência de um procurador e juiz de instrução, associada à falta de transporte para evacuação de reclusos para o vizinho distrito de Ribáuè.

Segundo aquele responsável, os magistrados em serviço em Ribáuè, que dista cerca de 80 quilómetros de Lalaua, que, por regra, deveriam velar pela legalização dos reclusos ao nível daquela região, têm apresentado várias alegações relacionadas, sobretudo, com a falta de condições para a sua deslocação e acomodação em Lalaua. Os magistrados nunca metem os pés neste distrito e nós somos obrigados a violar a lei.

Disse o comandante da polícia. Dentre os vários crimes que ocorrem no distrito de Lalaua, o nosso entrevistado destacou o abuso de poder e as ofensas qualificadas. Entretanto, para superar algumas das dificuldades, decorrem, neste momento, obras de construção do comando distrital da corporação através de fundos do Estado.

Lalaua localiza-se a 230 quilómetros da capital provincial de Nampula e 180 do distrito de Nipepe, província do Niassa, e possui uma população estimada em 73 mil habitantes, maioritariamente camponesa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!