Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Presidente congolês anuncia criação de Fundação para Paz em África

O chefe do Estado congolês, Denis Sassou N’Guesso, anunciou terça-feira, em Brazzaville, a criação de uma Fundação para a Paz em África para acompanhar todas as obras de construção e reconstrução da paz em África e no mundo inteiro.

“A partir de agora, anuncio a criação de uma Fundação para Paz em África para acompanhar concretamente todas as obras de construção e reconstrução da paz em África e no mundo inteiro’’, disse Sassou N’Guesso, quando encerrava as festividades alusivas ao 25º aniversário do Protocolo de Brazzaville.

Ele disse esperar que as forças da paz trabalhem por forma a tornarem viável e eficiente este novo instrumento para que seja realmente “o canalizador da perenidade da vida, da nossa vida’’.

‘’Querer a paz é estar do lado daquilo que acrescenta a vida’’, disse Sassou N’Guesso. na presença dos chefes de Estado da África do Sul, Jacob Zuma; de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto Da Costa; e do Togo, Faure Gnassingbé.

Resultado de um longo processo de negociações, o Protocolo de Brazzaville foi assinado a 13 de Dezembro de 1988 entre a África do Sul, Angola e Cuba sob a mediação dos Estados Unidos na presença do Presidente Denis Sassou N’Guesso.

Este protocolo desembocou na instauração da paz na África Austral com a assinatura dos acordos de 22 de Dezembro de 1988, em Nova Iorque para a paz na região, abrindo assim a via à retirada das tropas cubanas e sul-africanas de Angola, à independência da Namíbia em 1990 e, quatro anos mais tarde, ao fim do apartheid na África do Sul.

Graças ao mesmo documento, Nelson Mandela, então herói da luta contra o apartheid na África do Sul, foi libertado depois de 27 anos de reclusão, e, poucos meses depois, ele foi eleito primeiro Presidente negro da África do Sul livre do apartheid.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!