Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Premier League: United vence Chelsea e já comemora

Premier League: United vence Chelsea e já comemora

O título ainda não está confirmado, mas não deve haver um adepto na Inglaterra que ouse duvidar de um final feliz de temporada para o Manchester United. Isto porque os Red Devils venceram o jogo decisivo contra o Chelsea por 2 a 1 este domingo, em Old Trafford, abriram seis pontos de vantagem em relação aos rivais e agora precisam de apenas um empate nas duas jornadas finais para levantar a 19ª taça da sua história.

Se antes vinha numa recuperação incrível, com 25 pontos conquistados nos últimos 27 disputados, o Chelsea já deve estar conformado com o vice-campeonato, já que precisaria vencer Newcastle e Everton e ainda torcer por improváveis derrotas do United diante de Blackburn e Blackpool. O jogo do título inglês para a equipa de Alex Ferguson deve ser exatamente contra o Blackburn, no próximo sábado.

O embate entre líder e vice-líder foi cercado de tensão durante a semana e começou quente, para alegria dos adeptos da casa. Com apenas 36 segundos, Javier “Chicharito” Hernández recebeu lançamento, ficou cara a cara com Peter Cech e não perdoou, fazendo 1 a 0 e dando sinal de que a festa havia apenas começado. O “golpe ” atordoou o Chelsea, que precisava da vitória para continuar sonhando com o título.

No entanto, após reorganizarem-se e conseguirem algumas jogadas perigosas, os Blues sofreram o segundo golo. Após escanteio, Ryan Giggs driblou na linha de fundo e colocou a bola na cabeça do defesa Nemanja Vidic. Foi a oitava assistência do veterano galês de 37 anos.

O clima quente da partida continuou, mas poucas jogadas perigosas foram criadas no restante da etapa inicial. Após o intervalo, o Chelsea voltou mais ofensivo. Os brasileiros Alex e Ramires entraram no lugar de David Luiz, mal na partida, e John Obi Mikel. Ainda assim, o domínio era da equipa da casa.

Após encolher-se na defesa, o United passou perigo. Primeiro, em bom chute de Didier Drogba, a bola passou raspando a trave de Van der Sar. Logo depois, Lampard, avançado como um autêntico centroavante, desviou uma cabeçada e diminuiu para o Chelsea. Apesar da insistência dos Blues, foi o Manchester que quase chegou ao terceiro com Wayne Rooney em pelo menos três ocasiões, uma delas salva em cima da linha por Alex.

Com o apito final, os jogadores abraçaram-se e comemoraram como se o título tivesse chegado. Com um sorriso no rosto, Alex Ferguson atravessou o campo aos aplausos e provavelmente pensava na frase que havia dito no meio da semana: “Se vencermos, seremos campeões.” Alguém aposta no contrário?

Confira os resultados da 36ª jornada do Campeonato Inglês:

Aston Villa 1 x 1 Wigan

Athletic Bolton 1 x 2 Sunderland

Newcastle 2 x 1 Birmingham

West Ham 1 x 1 Blackburn

Everton 2 x 1 Manchester City

Tottenham 1 x 1 Blackpool

Wolverhampton 3 x 1 West Bromwich

Stoke City 3 x 1 Arsenal

Manchester United 2 x 1 Chelsea

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!