Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Premier League: Liverpool goleia Manchester City e Chelsea regressa às vitórias

O Liverpool impôs neste sábado a terceira derrota da época no Campeonato Inglês de futebol ao Manchester City, na sua própria casa, por 4 a 1, e “entregou” a liderança do campeonato ao surpreendente Leicester City.

Um pouco mais de um mês após a chegada do alemão Jürgen Klopp, os ‘reds’ foram implacáveis no Etihad Stadium, num jogo em que ao intervalo já venciam por 3 a 1, para surpresa do conjunto de Manuel Pellegrini.

Com A Marselhesa, à semelhança de todos os jogos na liga inglesa, a tocar antes do início do jogo, em homenagem às vítimas dos atentados de Paris, o City contava nas suas fileiras com os gauleses Sagna e Mangala. Foi, aliás, o antigo central do FC Porto, num lance infeliz e na tentativa de aliviar a bola, que bateu o seu próprio guarda-redes, Joe Hart, logo aos sete minutos.

Com boas trocas de bola, o Liverpool teve em Philippe Coutinho (23 minutos) e Roberto Firmino (32) os ‘mestres’ dos seus dois seguintes golos, com a dupla brasileira a mostrar uma verdadeira simbiose, ao marcar e assistir em ambas as jogadas.

O argentino Aguero, que sairia ‘esgotado’ aos 66 minutos, ainda reduziu para 3 a 1 antes do intervalo, mas seria o Liverpool a marcar novamente, já na parte final, por intermédio do central Martin Skrtel, aos 81.

A derrota terminou uma série de nove jogos sem perder dos ‘citizens’ (sete vitórias e dois empates), e destronou-os da liderança da ‘Premier’, agora ocupada pelo Leicester, que venceu na visita ao Newcastle (3 a 0).

O comando pertence assim à formação de Claudio Rainieri (28 pontos), seguido do Manchester United (27), que contou com muita sorte na visita ao terreno do Watford, do espanhol e ex-técnico benfiquista Quique Flores. Depay marcou para o United (11 minutos), mas o Watford, que chegou a acreditar, teve o avançado inglês Troy Deeney no melhor e no pior: fez o 1-1 aos 87 minutos e um autogolo já aos 90.

Na quarta posição, com os mesmos 26 pontos do City, segue o Arsenal, que também perdeu a oportunidade de continuar líder, ao perder na visita ao West Bromwich (2 a 1), num jogo em que até marcou primeiro e no qual Cazorla falhou um penálti (aos 84).

O Chelsea, de José Mourinho, pôs fim a uma série de três derrotas consecutivas no campeonato (com West Ham, Liverpool e Stoke city) – no qual não vencia desde 17 de Outubro -, ao derrotar em Stamford Bridge o Norwich, por 1a 0.

Um golo do espanhol Diego Costa, aos 64 minutos, terminou com o ‘jejum’ dos ‘blues’, e deixam a equipa, campeã em título, no 15.º lugar do campeonato.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!