Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Preços de produtos alimentares diminuíram nas três principais cidades moçambicanas

Nas cidades de Maputo, da Beira e de Nampula, os preços de produtos alimentares e bebidas não alcoólicas registaram uma diminuição de 0,17 porcento negativos durante o mês de Setembro passado e, por conseguinte, contribuíram para a queda da inflação, mas houve subida do preço do peixe seco e fresco, refrigerado ou congelado na ordem de 0,15 porcento na inflação total, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Aquela instituição do Estado refere que o tomate, a farinha de mandioca, o coco e a cebola são os produtos cujo impacto na queda do nível geral de preços foi significativo, tendo registado variações na ordem de 8,1; 6,8; 4,1 e 4,9 porcento, respectivamente. Assim, inflação total foi de 0,33 porcento negativos.

Dados avançados pelo INE indicam que de Janeiro a Setembro deste ano, o Moçambique registou um agravamento de preços na ordem de 0,71 porcento, um pouco abaixo da metade do que se verificou no mesmo período de 2013. Os produtos alimentares e bebidas não alcoólicas é que mais influenciaram esta situação e contribuir no total da inflação acumulada com 0,45 porcento.

“Os preços de Setembro de 2014, quando comparado com o mês homólogo de 2013, mostram que o país registou um aumento do nível geral de preços na ordem de 2,23 porcento”.

Relativamente aos dados por cidade, Perpétua Michangula, do Departamento de Preços e Conjuntura no INE, explicou que “somente a cidade de Maputo foi a que, face ao mês anterior, registou uma diminuição de preços na ordem de 0,49 porcento.

As cidades de Nampula e da Beira registaram aumentos de preços na ordem de 0,18 e 0,08 porcento, respectivamente”. A cidade de Maputo foi responsável pela tendência geral de queda de preços do país, uma vez que, da inflação mensal registada de 0,17 porcento negativos, teve um peso de 0,24 porcento negativos.

De Janeiro a Setembro a capital moçambicana apresentou uma queda não significativa de preços na ordem de 0,01 porcento negativo, enquanto que as cidades de Nampula e da Beira registaram um agravamento de preços em 1,88 e 0,42 porcento, respectivamente.

Relativamente a igual período de 2013, as três cidades registaram aumentos de preços na ordem de 1,44; 2,67; e 3,12 porcento, respectivamente.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!