Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Poule para o Moçambola: Charles apura Chingale, ainda não há representante do Norte e conhecidos os semi-finalistas na região Sul

Os leões do Chiveve sobreviveram durante o tempo regulamentar no inferno de Tete mas, na compensação das compensações, Charles marcou e ditou o regresso do Chingale ao Moçambola. O Ferroviário de Lichinga não compareceu à finalíssima e aguarda-se uma batalha jurídica para se encontrar o representante da região Norte. Incomati de Xinavane vs Ferroviário de Gaza e Matchedje de Maputo vs Estrela Vermelha de Maputo são as partidas das meias-finais da zona Sul.

Depois da derrota na Beira, no fim-de-semana passado, a equipa de Abdul Omar entrou ao ataque, neste domingo (18), no campo do Desportivo de Tete mas o guarda-redes dos leões, e alguma falta de pontaria dos tetenses, ditou o nulo ao intervalo.

Os milhares de adeptos nas bancadas não arredaram pé e na segunda parte os canarinhos continuaram à procura do golo que iria garantir o apuramento, enquanto o Sporting se remetia à defesa e procurava queimar tempo de todas as maneiras possíveis.

Chegados ao minuto 90 em vantagem na final os leões começavam a preparar a festa; porém, o juiz da partida decidiu compensar cada um dos minutos perdidos mesmo aqueles para queimar tempo depois do tempo regulamentar.

Passados os seis minutos de compensação, com os leões da Beira em vantagem na final e a pensarem na festa, eis que, numa jogada de insistência, uma jogada foi cortada com mão por um defensor beirense. O juiz não hesitou e assinalou o castigo máximo, já em tempo de compensação.

Charles não se fez rogado e atirou para o fundo das redes, 3 a 3 foi o resultado das duas finais mas o Chingale regressa ao Moçambola, dois anos depois de ser despromovido, graças aos dois golos marcados fora justamente pelo mesmo jogador na capital de Sofala.

Falta de comparência do Ferroviário de Lichinga

Como tinha avisado, o Ferroviário de Lichinga não compareceu à finalíssima da poule Norte contra o Ferroviário de Pemba, agendada para a cidade de Nampula no domingo (18).

Espera-se pelo próximo capítulo desta novela que deve passar por uma batalha jurídica, uma vez que a Federação Moçambicana de Futebol, que não homologou a última jornada, devido às goleadas que considera não verdadeiras, deve homologar esta falta de comparência mas tudo indica que os locomotivas da capital do Niassa irão recorrer da decisão, pois os regulamentos da prova indicam que o vencedor seria encontrado ao fim das cinco jornadas disputadas no sistema de “todos contra todos”.

Um dos grandes de Maputo deverá cair nas meias-finais

No Sul disputou-se a 6ª e última jornada que ditou os seguintes resultados:

Série A

Ferroviário de Inhambane 0-2 Incomati de Xinavane

Matchedje de Maputo 1-0 Associação Desportiva do Chókwè

Série B

Ferroviário de Gaza 2-1 Universidade Pedagógica da Maxixe

Estrela Vermelha de Maputo 6-0 Ntumbuluko FC da Moamba

O Incomati, com 13 pontos, classificou-se em primeiro lugar na série A e vai defrontar o segundo classificado da série B, o Ferroviário de Gaza.

O primeiro classificado da série B, Estrela Vermelha, que terminou a primeira fase invicto com 18 pontos, vai enfrentar o Matchedje de Maputo, que se classificou na segunda posição da série A com 12 pontos.

Os vencedores das meias-finais irão defrontar-se numa final, a dois jogos, cujo vencedor será o representante da região Sul no Moçambola de 2016.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!