Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Portugueses escapam linchamento em Nhamatanda

Dois cidadãos portugueses escaparam a morte no domingo passado, em Xiluvo, distrito de Nhamatanda, província de Sofala, Centro de Moçambique, quando populares tentaram os linchar confundindo-os com traficantes de crianças. Trata-se de Cláudio Mac Donald e Joseph Mac Donald (pai e filho) que, fazendo se transportar em sua viatura, terão escalado a localidade de Xiluvo com objectivo de visitar “um lugar específico onde já havia estado no passado”. 

Segundo Cláudio Mac Donald, citado pelo jornal “O País”, eles terão perguntado sobre alguma pessoas conhecidas no passado. Entretanto, algumas pessoas começaram a aproximarse deles, umas de forma pacífica, mas outras agressivamente. Apesar deles terem explicado o motivo da sua presença no local, algumas pessoas não acreditaram e os acusaram como sendo traficantes de menores. “Mandaram-nos abrir a pasta e vasculharam, sem, no entanto, apanhar nada suspeito.

Afinal eles tinham outras intenções”, explicou Claudio, acrescentando que tempos depois essas pessoas começaram a saquear os seus bens e os agrediu fisicamente, usando pedras e paus. Os dois portugueses escaparam a morte graças a pronta intervenção de dois membros do Policiamento Comunitário e pessoas de boa vontade que os socorreu e os escondeu em algum lugar longe da vista dos populares enfurecidos.

Os acusados estiveram mais seguros depois da chegada, ao local, de agentes da Policia moçambicana (PRM). Na sequência destas escaramuças, a Polícia deteve um grupo de seis jovens, acusados de terem perpetrado este crime. Mateus Mazive, porta-voz do Comando da PRM na província de Sofala, lamentou que este seja mais um caso de boato que (infelizmente) iria culminar com a perda de vidas humanas.

“Lamentamos que até hoje haja pessoas que recorram a métodos desumanos para roubar as pessoas. Digo roubar porque não havia nenhuma base de sustentação do boato. Aliás, a atitude das pessoas de saquear todos os bens das vítimas mostra claramente a intenção de roubo”, disse Mazive.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!