Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Porto de Nacala não dispõe de equipamento adequado no manuseamento de carga

A direcção do Porto de Nacala reconhece que este complexo não dispõe de equipamento adequado para manusear diversa mercadoria ali em trânsito, facto que, muitas vezes, leva à demora no escoamento da carga. O facto é reconhecido pelo director executivo do empreendimento, Agostinho Langa Júnior, o qual disse que tal situação tem criado choques no relacionamento entre o porto e seus clientes.

Langa explicou que, apesar dessas fricções que são normais num ambiente de trabalho complexo e que exige celeridade, os utentes daquele complexo reconhecem as dificuldades que o porto enfrenta.

Para a fonte, tem sido extremamente difícil manter operacional durante o mês todo o equipamento de que o porto dispõe, entre gruas, empilhadoras, tractores.

Para o funcionamento pleno de uma infra-estrutura de género impõe-se ter, segundo Agostinho Langa, 75 por cento ou mais, operacional e a restante percentagem em manutenção, pois não é fácil toda maquinaria estar em franca actividade. Mesmo assim, nós não conseguimos, mensalmente, atingir essa cifra. Funcionamos abaixo dessa média, lamentou o director executivo do Porto de Nacala.

Esta unidade é a terceira de nível internacional no país, depois da da Beira e Maputo, em termos crescentes, e considerado como sendo o mais profundo da região oriental de África.

Apesar destas contrariedades em equipamento de manuseamento de carga e da crise financeira internacional, aquele porto registou, no semestre findo, níveis de crescimento nas suas operações portuárias e, consequentemente, no aumento de colecta de receitas.

O Porto de Nacala é, também, usado pelo Malawi para o escoamento das suas importações e exportações, através da linha-férrea que o liga àquele porto moçambicano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!