Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Populares revoltados destroem na Argentina muro para separar ricos de pobres

Os cinco blocos de cimento poderiam fazer lembrar a Cisjordânia, a fronteira mexicano-americana ou uma favela do Rio de Janeiro: uma pequena revolta pôs abaixo um muro nascente que pretendia separar ricos e pobres, a 25 km ao norte de Buenos Aires.

Moradores locais se juntaram para impedir o começo da construção do paredão 250 metros de comprimento para separar as cidades de San Isidro e San Fernando, na província de Buenos Aires, desafiando 30 policiais, no bairro carente de “Villa Jardín”.

O prefeito Gustavo Posse, de San Isidro – bairro residencial de classe média alta – atendia a pedido feito por 33 proprietários que pediam mais segurança. Segundo ele, o muro serviria para barrar a entrada de criminosos na região nobre. O prefeito continua defendendo a iniciativa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!