Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Populares matam presumível ladrão que assassinou moto-taxista em Tete

Populares enfurecidos tentaram linchar dois presumíveis ladrões e assassinos de três pessoas, na madrugada da passada sexta-feira (22), no distrito de Chiúta, província de Tete, onde um outro suposto larápio não teve a mesma sorte, morreu nas mãos de uma multidão que o acusava de ter acabado com a vida de um moto-taxista e se apoderado do seu meio de transporte.

Os dois supostos gatunos, ora presos, mataram um comerciante, o seu guarda e um outro indivíduo que na altura dos factos aguardava pelo transporte nas proximidades. O acto foi cometido com recuso a instrumentos contundentes, de acordo com a Polícia da República de Moçambique (PRM), em Tete.

Os indiciados escaparam da morte porque a corporação chegou a tempo de evitar o pior.

Já na cidade de Tete, província com o mesmo nome, populares também enfurecidos acabaram, deliberadamente, com a vida de um outro suposto larápio, com recurso à agressão física, supostamente porque teria sido ele que, na noite da passada quarta-feira (20), assassinou um moto-taxista.

O linchamento ocorreu na segunda-feira (25) quando uma multidão surpreendeu o presumível gatuno com a motorizada que pertencia ao moto-taxista.

Segundo apurou ao @Verdade, por volta das 21h00 de quarta-feira da semana passada, no bairro Matundo, o motorista do veículo motorizado de aluguer que faz transporte de passageiros foi contactado por pessoas desconhecidas, as quais se fizeram passar por clientes.

Durante as negociações, o moto-taxista e o seu passageiro acordaram que este seriam transportado até ao cruzamento da estrada que liga a cidade de Tete e a fronteira de Cassacatiza, nas proximidades da Zâmbia.

Não se sabe o que terá acontecido durante a viagem, mas, volvidas algumas horas, o cidadão foi encontrado pelos familiares já sem vida.

Contactada a PRM, encetou buscas e espera que culminem com a detenção dos indivíduos envolvidos na morte do referido moto-taxista.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!