Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

População exige escolas em Nacarôa

Mais de mil crianças em idade escolar não frequentam o ensino público no distrito de Nacaroa, mais concretamente na localidade de Teterene, pelo facto de a rede escolar não cobrir a procura.

Este facto levou a população local a exigir do governo a construção de salas de aulas com material misto que possam entrar em funcionamento a partir do próximo ano lectivo.

A nossa reportagem apurou que Teterene tem, neste momento, uma escola do ensino primário do primeiro nível que, entretanto, não cobre a procura de ensino por parte da população local estimada em cerca de cinco mil, dominada por crianças.

Algumas crianças que ficaram de fora por falta de vagas na escola primária local tentaram em vão inscrever-se noutros estabelecimentos de ensino, mas acabaram por desistir devido às longas distâncias que separam da sua zona de residência, estimada em 20 quilómetros.

O chefe da localidade de Teterene, Ricardo Pascoal, ao lamentar o facto, observou que, nos últimos tempos, tem aumentado o número de crianças que abandona o ensino publico em razão das longas distâncias que são obrigadas a percorrer para alcançar a escola mais próxima.

Acrescentou que espera a concretização da promessa do governo distrital relativa à construção, na localidade de Teterane, de mais uma escola com cinco salas de aulas para entrar em funcionamento a partir do próximo ano lectivo escolar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!