Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia reprime mais uma manifestação pacífica na capital de Moçambique

A Polícia de República de Moçambique (PRM) e a Força de Intervenção Rápida (FIR) usaram canhões de água para reprimir, nesta Terça-feira (12), mais uma manifestação pacífica, de cerca de uma centena de membros do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, na baixa da capital de Moçambique. Quatro dos manifestantes foram detidos.

Segundo o porta-voz do Fórum, Constantino William, os manifestantes tentaram reunir-se no recinto público do Circuíto de Manutenção António Repinga onde pretendiam voltar a pressionar o Governo, que estaria reunido em mais uma sessão do Conselho de Ministros no Gabinete do Chefe do Executivo, a satisfazer as suas exigências, que passam pela fixação de uma pensão mensal no valor de 20 mil meticais e pela revisão do Estatuto dos Combatentes, que segundo eles não é abrangente, porém foram confrontados com a forte presença de agentes da PRM e da FIR equipados com armas de guerra, bastões e carros anti-motim.

Perante a vontade dos Desmobilizados de entrarem no recinto, que é público, foram disparados jatos de água que dispersaram os manifestantes. Na sequência, quatro membros do Fórum foram detidos pela polícia.

Esta não é a primeira vez que agentes da polícia, e da FIR, reprimem uma manifestação pacífica dos Desmobilizados de Guerra e faz detenções dos seus membros.

Entretanto os desmobilizados entendem que estas detenções são uma tentativa de os intimidar, no entanto, reiteram que não irão-se curvar enquanto não virem as suas exigências resolvidas.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!