Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia prende onze pessoas em casamento homossexual no Senegal

A polícia do Senegal, país cuja legislação condena a homossexualidade, prendeu onze pessoas por participarem de uma cerimónia simbólica que representava um casamento entre pessoas do mesmo sexo, informou a imprensa local neste domingo.

Os fatos ocorreram na sexta-feira passada numa escola da cidade de Kaolack, situada 190 quilómetros ao sul de Dacar. A polícia entrou no local e interrompeu o ato de união de dois homens e apreendeu os anéis de casamento e outros objectos. Entre os detidos estão os noivos que celebravam a união.

A polícia continua a buscar as pessoas que estavam no local e não foram encontrados. As forças da ordem senegalesas já prenderam, em 2008, um casal do mesmo sexo que celebrava o casamento no município de Mbao, aos arredores de Dacar.

O Código Penal do Senegal prevê penas de até cinco anos de prisão e multas de até US$ 3 mil a quem realizar actos “impróprios ou anti-naturais com uma pessoa do mesmo sexo”.

Em Agosto deste ano, um tribunal de Dacar condenou sete pessoas a seis meses de prisão por “praticar homossexualismo”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!