Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia faz detenções por tráfico de ossadas humanas na Zambézia

Quatro indivíduos estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) na Zambézia, desde o passado fim-de-semana, acusados de posse de ossadas humanas, supostamente para o comércio fora do país.

Os acusados, encerrados no Comando Distrital da PRM no Gurúè, foram presos no distrito de Mulumbo quando pretendiam partir para o vizinho Malawi, onde as ossadas seriam supostamente vendidas.

A Polícia disse estar ainda a investigar a proveniência das ossadas em questão.

Este é o primeiro caso de género, este ano, na Zambézia, onde, em Setembro do ano passado, pessoas alegadamente desconhecidas exumaram um cadáver, separaram a cabeça do corpo e levaram-na.

O caso ocorreu na localidade de Namacata, distrito de Nicoadala, e o corpo era de uma cidadã que foi enterrada em finais de Agosto 2015.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!