Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia e estudantes entram em confronto em reabertura de universidade da África do Sul

A polícia da África do Sul entrou em confronto com estudantes que protestavam exigindo educação gratuita nesta segunda-feira na Universidade de Witwatersand (Wits), que reabriu depois de manifestantes terem forçado o seu encerramento na semana passada.

Os manifestantes atiraram pedras contra seguranças particulares que portavam escudos de proteção, enquanto a polícia disparava balas de borracha e gás lacrimogéneo para dispersar a multidão no campus de Joanesburgo.

Semanas de manifestações contra o custo da educação universitária, que é proibitivo para muitos alunos negros, vêm enfatizando a frustração com as desigualdades que persistem mais de duas décadas após o fim do apartheid.

Os protestos irromperam em todo o país após o governo do presidente Jacob Zuma ter dito que continuaria subsidiando o custo da educação universitária para os estudantes mais pobres, mas que não poderia conceder educação gratuita para todos Uma porta-voz da universidade informou mais cedo que a Wits havia reaberto.

Num comunicado subsequente, a Wits disse: “A maioria das aulas foram retomadas nesta manhã, mas voltaram a ser interrompidas por grandes grupos de manifestantes”.

“Exortamos os estudantes e os funcionários a retomarem as aulas nesta semana, mesmo que haja interrupções.”

A rede de televisão eNCA noticiou que houve confrontos entre estudantes e a polícia na Universidade do Estado Livre de Bloemfontein, 400 quilómetros ao sul de Joanesburgo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!