Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detém supostos abusadores sexuais em Quelimane

A Polícia da República de Moçambique, em Quelimane, província da Zambézia, deteve três cidadãos indiciados de abuso sexual de uma criança de três anos de idade e uma mulher cuja idade não apurámos. Dos acusados, dois assumiram o crime que pesa sobre eles, mas todos devem aguardar pelo desfecho do processo-crime instaurado pela corporação.

Na tarde de terça-feira (31), no bairro Kansa, um jovem de 18 anos de idade, cuja identidade também não apurámos, estuprou a menina a que nos referimos anteriormente, segundo as autoridades policiais.

Por causa da gravidade das lesões, até ao fecho desta edição a vítima encontrava-se internada no Hospital Geral de Quelimane (HGQ).

Aliás, consta que o presumível estuprador é vizinho da vítima e o acto aconteceu na ausência dos responsáveis da criança.

Ainda na cidade que Quelimane, uma mulher foi abusada sexualmente após ser ameaçada, à noite, por dois indivíduos empunhando catanas.

A Polícia disse que um dos alegados violadores é primo da vítima e tanto ele como como o seu comparsa assumiram a autoria do crime, de acordo com o porta-voz Miguel Caetano.

Recorde-se que na cidade de Xai-Xai, província de Gaza, um outro indivíduo a monte abusou sexualmente de uma menina de seis anos de idade e causou-lhe graves ferimentos nos órgãos geniais.

Ela está sob cuidados médicos mais especializados no Hospital Central de Maputo (HCM), para onde foi transferida do Hospital Provincial de Xai-Xai, devido à gravidade das lesões.

O crime aconteceu na noite de domingo passado, numa casa abandonada no bairro Patrice Lumumba, na ausência dos avôs que supostamente se encontravam na igreja.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!