Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pilotos da Iberia entram em greve, 150 voos são cancelados

Os pilotos da companhia aérea espanhola Iberia, parte da International Airlines Group, entraram em greve nesta segunda-feira, deixando em terra 150 voos no primeiro dia de uma série de 30 paralisações contra a criação da unidade de baixo custo Iberia Express.

Na semana passada, a Iberia recorreu à justiça para impedir a greve dos pilotos e comissários de bordo planeiada para os próximos meses e para buscar compensação por 12 dias de paralisações entre dezembro e março.

As greve chegaram a ser suspensas em março e pilotos entraram em negociações com a companhia. Mas as discussões fracassaram. O sindicato de pilotos, o Sepla, afirma que a Iberia Express é uma ameaça a empregos e condições de trabalho, mas a companhia diz que é vital para aumentar sua lucratividade.

A Iberia estima que as greves causarão perdas de 3 milhões de euros (3,92 milhões de dólares) por dia.

Nesta segunda-feira, o site da Iberia mostrava mais de 150 voos cancelados, incluindo para destinos dentro da Espanha, ao redor da Europa e para a América Latina.

Os pilotos, que planeiam cruzar os braços a cada segunda e sexta-feiras até julho, afirmam que o novo serviço de baixo custo da Iberia viola acordos acertados quando a companhia e a British Airways fundiram-se para formar a International Consolidated Airlines Group. Eles afirmam que 8 mil empregos serão perdidos, conforme a Iberia transfere aviões para a subsidiária de baixo custo.

A IAG e a Iberia afirmam que a nova subsidiária é a única maneira de tornar a deficitária unidade espanhola lucrativa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!