Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunte a Tina o que fazer se não conseguiste fazer filhos com as namoradas que tiveste

Olá Tina. Chamo-me Artur e sou um jovem de 28 anos. Eu acho que tenho um problema. Mantive uma relação com uma moça durante dois anos, mas não gerámos nenhum filho. Separámo-nos e hoje ela tem uma filha. Agora também estou numa relação há precisamente dois anos e seis meses. A minha namorada não engravida e ela tem uma filha! Como sair deste constrangimento?

Caro Artur, existe na nossa sociedade o mito de que só as mulheres é que são inférteis ou incapazes de conceber. Muitos casamentos e relações se destoem por esse motivo. A forma como tu descreves o assunto faz-me crer que colocas a possibilidade de tu seres a pessoa que é infértil. A infertilidade masculina é tão comum como a feminina e tem várias causas.

Algumas das causas podem ser por obstrução ou ausência congénita dos canais genitais excretores, o que significa que o homem já nasce com esse impedimento ou bloqueio no ducto ejaculatório que impede que os espermatozóides alcancem o fluido seminal (esperma) e, consequentemente, o óvulo das parceiras. Outros motivos podem estar associados à incapacidade de produzir espermatozóides em número suficiente, daí não conseguir fertilizar os óvulos da sua parceira.

Como disse, são diversas as causas. Para que saibas melhor sobre o teu caso, eu recomendo que procures um médico urologista, converses com ele e este poderá recomendar que realizes um exame da bolsa testicular para que possa diagnosticar se existe algum impedimento no teu sistema reprodutor e poder analisar melhor a tua situação.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!