Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta a Tina: tem saído do pénis um líquido amarelo, será porque não fiz circuncisão?

Pergunta a Tina: estou enfrentando muitos ataques de ciúme e de medo de perde-la!

Oi, Tina. Sou Ismael, um jovem de 17 anos e estou preocupado. Nos últimos anos, tem saído do pénis um líquido amarelo. Já fui ao hospital duas vezes e a doença não passa. Será que a doença não passa porque não fiz circuncisão? Por favor, estou a pedir ajuda e que me dê uma resposta.

Oi, Ismael. Fazer a circuncisão é bom porque reduz a probabilidade de um homem apanhar Infecções de Transmissão Sexual (ITS), incluindo o HIV. Mas o facto de não se ter feito a circuncisão não tem nada a ver com a cura ou não de uma ITS. Portanto, não te iludas, não é por fazeres a circuncisão que essa ITS vai curar.

O que deves fazer é voltar a uma unidade sanitária ou a uma clínica, explicar o problema que te incomoda há anos, como dizes (que não podem ser muitos porque tens 17 anos), e mencionar os tratamentos que já fizeste.

Para uma ITS curar, são essenciais as seguinte condições:

– A parceira deve fazer o mesmo tratamento ao mesmo tempo; de contrário, a pessoa infecta-se de novo;

– Devem ambos fazer o tratamento correcto e durante o tempo recomendado;

– O casal deve abster-se de ter relações sexuais durante o período de tratamento; – Se continuar com sintomas ao fim de uma semana, deve voltar à unidade sanitária.

Será que cumpriste estas condições? Tomaste três medicamentos diferentes, como indicado no teu caso? Não tiveste relações sexuais com uma nova parceira, depois do tratamento?

Não esqueças que o uso correcto e consistente da camisinha evita quase todas as ITS. E não deixes de ir, juntamente com a tua parceira, fazer o teste do HIV. Se apanhaste uma ITS, podes ter também apanhado o HIV.

Boa sorte!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!