Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta a Tina: senti algo muito estranho, como se não fosse a mesma pessoa com quem eu vinha mantendo relações sexuais

Pergunta a Tina: sexo oral prejudica a saúde ou não?

Olá, Tina! Meu nome é Joel, comecei a viver com a mãe da minha filha recém-nascida e quando a criança completou 2 meses começámos a ter relações sexuais, ou seja, tivemos relações sexuais três vezes e depois viajei por 2 semanas em missão de serviço. Quando voltei e tive a primeira relação sexual com ela depois da viagem, senti algo muito estranho; como se não fosse a mesma pessoa com quem eu vinha mantendo relações sexuais – é como se ela tivesse ficado a manter relações sexuais com um outro homem e talvez com um pénis maior que o meu, pelo que senti e continuo sentindo sempre que procuro ter relações sexuais com ela, que sempre terminam mal ou nem se quer terminam, já que tenho perdido erecção por desconfiar que ela tenha me traído pelo facto de a vagina ter um tamanho maior que o habitual. Cheguei a pensar que fosse devido ao parto, mas depois do mesmo tive relações sexuais com ela e adorei, muito diferente do que senti quando voltei da viagem e do que continuo sentindo. Peço ajuda por favor – será que há alguma explicação científica plausível para isso?

Caro Joel, tens que saber que os tecidos da vagina são extremamente elásticos, ao ponto de se distenderem até permitirem a passagem da cabeça de um bebé, durante o parto. Parece-me impossível que a vagina da tua parceira tivesse distendido até ao ponto de tu notares uma diferença tão grande. E muito menos no mero espaço de duas semanas, mesmo sendo um pénis maior que o teu. Amigo Joel, pensa bem, não será que que estás a construir realidades que não existem? Tu próprio dizes que depois do parto não notaste qualquer alteração. Como seria possível agora acontecer essa distensão com um simples pénis, por maior que ele fosse? Tens que pensar bem, algo parece não estar bem contigo.

O melhor que tens a fazer é conversar franca e abertamente com a tua parceira sobre esses teus sentimentos. Se não o fizeres, a vossa relação não poderá melhorar. Só dialogando é que vocês serão capazes de reverter esta situação. É prejudicial para ti estares a atormentar a tua cabeça com coisas que nem tens a certeza que tenham acontecido. Fala com a tua parceira e verás que os dois conseguirão ultrapassar a situação. Boa sorte!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!