Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pelo menos 23 pessoas continuam desaparecidas após atentado na capital do Quénia

Pelo menos 23 pessoas continuam desaparecidas após o ataque terrorista da milícia radical islâmica somali Al Shabab ao centro comercial Westgate, em Nairóbi, no mês passado, informou nesta quarta-feira a Cruz Vermelha do Quénia (CRK).

Em entrevista para a Agência Efe, o porta-voz da CRK Peter Outa assegurou que o número se reduziu de 39 para 23 pessoas, embora não quis especificar se esta diminuição aconteceu pois novos corpos foram encontrados entre os escombros do edifício, nas casas mortuárias, ou devido a outras circunstâncias.

Outa disse que 10 pessoas ainda estão hospitalizadas, mas não informou o estado de saúde delas, assim como o número total de mortos no ataque a Westgate, que varia, segundo as fontes oficiais, entre 72 e 74. A porta-voz policial Zipporah Mboroki também se mostrou reticente em detalhar os números totais de vítimas, informação que o Ministério do Interior local mantém com zelo.

O último número divulgado se refere à soma de 61 civis, seis militares quenianos (mais tarde teriam sido achados os corpos de outros dois soldados, segundo confirmou no início do mês Mboroki à Efe) e cinco terroristas.

Entre os dias 21 e 24 de setembro, o grupo Al Shabab – que se uniu formalmente à Al Qaeda em fevereiro de 2012 – atacou Westgate, um dos shoppings mais luxuosos de Nairóbi, frequentado por estrangeiros e quenianos de classe alta.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!