Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pelo menos 16 civis do Iémen morrem em ataque aéreo liderado pela Arábia Saudita

Pelo menos 16 civis do Iémen, inclusive dez pessoas de uma única família, foram mortos em um ataque aéreo da coligação liderada pela Arábia Saudita, que atingiu várias partes do país, segundo médicos de três províncias.

Países do golfo árabe intensificaram os seus ataques aéreos contra o movimento xiita Houthi, aliado do Irão, depois que o grupo matou pelo menos 60 tropas árabes que estavam no Iêmen em um ataque de míssil na última sexta-feira.

Os assaltos atingiram a capital Sanaa, controlada pelos Houthis, e a cidade de Taiz, no sul, que está sendo disputada em brigas de rua entre os Houthis e as forças militares do Iémen, apoiadas pelo Golfo. Dois civis foram mortos na capital e dez pessoas de uma única família morreram em Taiz.

Testemunhas disseram que os ataques pareciam ter sido dirigidos a casas de líderes políticos aliados dos Houthis. Mais quatro pessoas foram mortas perto da fronteira do Iémen com a Arábia Saudita, ao norte da província de Saada.

A aliança árabe afirma que evita matar civis na guerra que dura cinco meses com o objectivo de restaurar o exilado governo do Iêmen e afastar a suposta influência do Irão no mundo árabe.

Condenando os ataques como crimes de guerra, os Houthis negaram a interferência de Teerão e acusaram o governo e seus aliados árabes de serem peões do Ocidente.

Mais de 4.500 pessoas foram mortas em conflitos e ataques aéreos, e a guerra deve continuar, porque os estados árabes levaram milhares de tropas para o Iémen, em ataque planeado a Sanaa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!