Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pedidos de asilo em países ricos crescem 17%, diz ONU

O total de pessoas solicitando asilo ou refúgio em países industrializados cresceu 17 por cento no primeiro semestre, em comparação ao mesmo período de 2010, disse o Acnur (Alto Comissariado da ONU para Refugiados) esta terça-feira.

O total para este ano, segundo a agência, deve ser mais do que o dobro, e o maior dos últimos oito anos, refletindo em parte as crises do Norte da África, Costa do Marfim e Somália. De janeiro a junho, 420 mil pessoas solicitaram refúgio no mundo, contra 198,3 mil no mesmo período do ano passado.

Como nos anos anteriores, o maior afluxo veio de Afeganistão, China, Sérvia (incluindo Kosovo), Irão e Iraque, segundo o relatório semestral do Acnur, intitulado Níveis e Tendências do Asilo em Países Industrializados.

A agência salientou que a cifra só abrange solicitantes de refúgio – dos quais muitos acabam devolvidos aos seus países de origem -, e não os que efetivamente conseguem o benefício. O número também não inclui imigrantes, sejam legais ou não.

Os EUA foram o país que mais receberam solicitações no primeiro semestre, 36,4 mil, seguidos por França (26,1 mil) e Alemanha (20,1 mil). Uma exceção na tendência de alta foi a Austrália e a Nova Zelândia, onde o número de solicitações caiu de 6.300 no primeiro semestre de 2010 para 5.100 no semestre passado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!